facebook_pixelCerâmicas hidráulicas: estilo com o melhor desempenho | Projectista
ROCA

Cerâmicas hidráulicas: estilo com o melhor desempenho

Data de publicação

Azulejos geométricos para espaços de banho ou inspirados na natureza com um caráter vintage marcado.

Elegante, carismático e extraordinariamente delicado. Com as suas tramas e cores, o estilo único dos azulejos hidráulicos resistiu à passagem do tempo para dar agora forma a uma infinitude de propostas, tanto clássicas como contemporâneas. Formas geométricas ou combinações vegetais são a caraterística distintiva deste cimento pigmentado tão popular nos lares da Europa desde meados do século XIX. Com o mesmo charme e versatilidade, a Roca recupera os seus perfis inconfundíveis utilizando novas tecnologias na produção desta cerâmica hidráulica com uma resistência tão revolucionária quanto a sua prestação.   São cinco as coleções que prestam tributo a estes azulejos típicos sem se afastarem da tradição que as inspirou.

Já revelámos parte do seu segredo quando falámos sobre cerâmica rústica, mas os mosaicos hidráulicos têm, sem dúvida nenhuma, muito mais para contar.
Parece que foi ainda ontem quando começaram a ser utilizados como pavimento no sul de França, depois de serem fabricados peça a peça, a partir de uma mistura de água, cimento e pigmentos.
Utilizando moldes de bronze ou cobre, os artesãos distribuíam as cores de acordo com as respetivas preferências e, para que ficassem compactas, colocavam os azulejos hidráulicos numa câmara húmida durante 28 dias. É por isto que a água era importante no fabrico, o nome pelo qual se tornaram famosas em todo o Planeta.
Além do seu caráter excecional, por não precisarem de cozedura, destacam-se também pelas tramas únicas na dos azulejos geométricos, motivos florais ou vegetais, cuja delicadeza requeria manutenção para manter intactos os seus desenhos e as suas cores.
Apesar de, atualmente, os azulejos hidráulicos reproduzirem as mesmas formas dos que era fabricados no passado por designers como o artista de renome Antonio Gaudí, as diferentes linhas e silhuetas destes azulejos podem agora ser instaladas como pavimento ou revestimento de paredes com todas as garantias, graças ao desempenho incrível de materiais como a porcelana.

Um bom exemplo deste excecional desempenho é a nova coleção Havana, que apresenta variações numa gama de cores cinza, evocando os mosaicos hidráulicos em quatro peças de 20×20 cm: Soul, Jazz, Retro e Blues. Escolha os azulejos que fragmentam uma rosácea original ou os que as multiplicam para criar tramas desordenadas ou completamente simétricas, dependendo do que pretende transmitir na sua casa.

Fazendo recordar uma época passada marcada pela riqueza de uma composição incomparável, Gracia inclui azulejos de 45×45 cm para pavimentos hidráulico, e peças de 31×61 cm para revestimento de paredes. Estas peças universais estão disponíveis em dois acabamentos — Blanco e Multicolor — com padrões geométricos e florais em tons suaves ou uma ampla gama que vai dos tons vermelhos aos azuis.

A coleção Boulevard joga com designs igualmente fascinantes nos seus azulejos hidráulicos desde tamanhos mais pequenos a tamanhos maiores, dependendo da quantidade de motivos que representam. Duas cores — Bege e Multicolor — para recriar ambientes da época com as suas versáteis peças de 44,5×44,5 cm ou no formato retificado 22×22 cm.

Partindo da mesma inspiração, mas alterando a gama de cores para mosaicos hidráulicos de uma só tonalidade, Claqué opta pelo aspeto do cimento em Blanco, Arena, Gris e Negro. O acabamento desgastado de estilo industrial em azulejos para cozinha e espaços de banho, onde a sobriedade cromática não o impedirá de exibir as mais sugestivas composições.

Por fim, a coleção Plaster utiliza os paralelepípedos octogonais para prestar uma homenagem especial aos azulejos hidráulicos. Escolha um azulejo, Gris ou Arena, e descubra como dar um efeito dramático com os seus formatos desgastados com contornos retificados em 80×80 cm.