Projeto para Casa Sede da Fundação Gramaxo apresentado na Maia

Data de publicação

O projeto da Casa Sede da Fundação Gramaxo, de autoria do arquiteto Álvaro Siza, foi apresentado a 14 de abril pelo próprio autor em sessão que teve lugar na Quinta da Boavista, na Maia, local onde o edifício será erguido.
A sede da Fundação, que ocupará uma área de 900 m2, destina-se a expor o património artístico da fundação e disporá ainda de sala de exposições temporárias e de uma sala polivalente com a capacidade para uma centena de lugares sentados.
Silva Tiago, Presidente da Câmara Municipal da Maia, na breve alocução que na oportunidade fez aos presentes, manifestou a sua esperança que a sede da Fundação venha a estar concluída durante o ano de 2019, a tempo de constituir um dos pólos das comemorações dos 500 anos do Foral da Maia que se completarão nesse ano.
A Fundação Gramaxo, constituiu-se em 2013, pela vontade da sua fundadora, Maria de Fátima Pereira de Azevedo Gramaxo, com o escopo de preservar o complexo habitacional e agrícola seiscentista da Quinta da Boavista, situada no centro da Cidade da Maia, e a valiosa coleção de arte da família Gramaxo, para, a partir daí fomentar as artes e a cultura local.

Gabinete:

ÁLVARO SIZA 2 – ARQUITECTO, SA