«CLASSE+» é o novo Sistema de Etiquetagem Energética

Data de publicação

Janelas eficientes ajudam a poupar nas habitações

  • As janelas são o elemento na envolvente dos edifícios onde existe maior potencial de intervenção.
  • A nova etiqueta energética de janelas contribui para a melhoria do desempenho energético das habitações, melhor insonorização acústica e mais conforto térmico.

A etiqueta energética CLASSE+ (www.classeAmais.pt) é a nova marca lançada pela ADENE – Agência para a Energia, para a classificação do desempenho energético de janelas das habitações e edifícios de comércio e serviços.

Esta etiqueta utiliza uma escala de “F” a “A+” (de menos a mais eficiente) já familiar da etiqueta europeia de eletrodomésticos, para classificar a eficiência energética de janelas, além de apresentar o nível de conforto que as mesmas proporcionam à casa, no verão e no inverno.

De acordo com Paulo Santos, coordenador da área de Etiquetagem Energética na ADENE: “Ao optar por uma janela com etiqueta CLASSE+, o consumidor fica a saber o desempenho energético do produto que pretende adquirir em comparação com produtos da mesma família. A escolha certa de produtos energeticamente mais eficientes permite poupar na fatura energética, melhorar o conforto, o bem-estar e a saúde dos seus habitantes, bem como valorizar o imóvel”.

Janelas mais eficientes resultam numa maior poupança energética, melhor insonorização acústica e mais conforto térmico. Os benefícios de ter uma casa mais eficiente e confortável  com janelas eficientes «CLASSE+», paredes e coberturas bem isoladas, pode permitir a uma família poupar entre 250€ e 1000€ por ano com a redução da fatura energética, das despesas de saúde e com a valorização do seu património.

Importa salientar que nos quase 1,5 milhões de certificados energéticos de habitação emitidos em Portugal nos últimos 10 anos, foi possível verificar que existem perto de 1 milhão de janelas que podem ser substituídas por outras mais eficientes: “Este número pode significar mais de 5 milhões de euros de poupança de energia por ano nas habitações familiares, por exemplo com a substituição de uma janela de vidro simples e sem corte térmico, por uma janela com classificação ”A+” na etiqueta CLASSE+, o que pode resultar em menos 50% de perdas de energia através deste elemento e menos gastos”, destaca o responsável.

Para apoiar a substituição de janelas e outras medidas de eficiência energética, o Governo lançou em abril o programa «Casa Eficiente 2020» (https://casaeficiente2020.pt/), um incentivo de €200 milhões do investimento dirigido a habitações particulares, disponibilizados através dos bancos em regime de empréstimo reembolsável e em condições favoráveis. Para serem objeto deste beneficio, as janelas a instalar terão de ter etiqueta energética «CLASSE+» com classificação “B” ou superior e a instalação feita preferencialmente por um técnico credenciado.

No caso da reabilitação urbana e energética integral de edifícios para habitação, comércio ou serviços, estão igualmente previstos €1400 milhões para investidores através do IFRRU2020 (www.portaldahabitacao.pt/pt/portal/reabilitacao/ifrru/), o qual se posiciona como um instrumento de financiamento reembolsável ao investimento, acessível num conjunto de bancos selecionados e também disponível para a instalação de janelas mais eficientes.


Sobre o CLASSE+:
Apenas as empresas aderentes ao «CLASSE+» (www.classeAmais.pt) podem emitir estas etiquetas, estando por isso sujeitas a processos de controlo e de verificação de qualidade. São hoje mais de 50, incluindo as líderes de mercado neste sector. Paralelamente à etiquetagem, o «CLASSE+» proporciona formação técnica e reconhecimento formal pela CERTIF – Associação para a Certificação a técnicos de instalação de janelas (mais de 300 profissionais já formados), contribuindo assim para a qualidade global das obras onde são colocadas as janelas eficientes.
Para apoiar a divulgação e afirmação, no mercado desta etiqueta voluntária foi criada a Rede de Parceiros «CLASSE+» na qual podem participar gratuitamente entidades públicas e privadas empenhadas na promoção da eficiência energética. Empresas de construção, gabinetes de arquitetura e entidades municipais, já pertencem a esta rede e passaram a exigir a etiqueta CLASSE+ nos projetos da sua responsabilidade ou participação
Em breve, estarão também disponíveis etiquetas «CLASSE+ » para os elevadores, uma vez que o seu o consumo de energia é um dos principais custos para o proprietário ou para a despesa do condómino. Adicionalmente estão previstas etiquetas para tintas, isolamentos e outros elementos  construtivos ,essenciais para garantir a eficiência energética das casas e edifícios.

Sobre a ADENE
A ADENE – Agência para a Energia é a Agência Nacional de Energia, associação de direito privado, sem fins lucrativos e de Utilidade Pública, que tem como missão o desenvolvimento de atividades de interesse público na área da energia, do uso eficiente da água e da eficiência energética na mobilidade. www.adene.pt