Soprema

TEXPUR

carousel
carousel

Descrição

Resina impermeável à base de poliuretano reativo, monocomponente, de aplicação líquida, com cura ao contacto com a humidade e de excelente resistência à intempérie. Membrana versátil pela grande variedade de utilizações, como parte integrante nos sistemas de impermeabilização de aplicação líquida, para coberturas transitáveis, terraços, pátios, etc.

Vantagens
• Membrana líquida adaptável a obras com geometria irregular
• Membrana contínua, sem juntas nem sobreposições e totalmente aderida
• Fácil de aplicar: monocomponente, com rolo, trincha ou airless
• Membrana elástica e flexível, 100% impermeável
• Excelente aderência na maioria dos suportes, recomendada preparação prévia com primário adequado
• Resistente à água estagnada
• Totalmente estável face aos alcalinos presentes no betão
• Não emulsionável, TEXPUR pode estar em contacto com a água de forma permanente
• Secagem rápida e rapidamente funcional
• Uma vez curado, fica impermeável à água
• Excelente capacidade de cobertura de fissuras dinâmicas, mesmo a baixas temperaturas
• Prestações superiores: elevada resistência e transitável (sem veículos) utilizada sempre como membrana impermeabilizante nos sistemas de impermeabilização de aplicação líquida e armada com VELO R (SISTEMA ALSAN TRANSITÁVEL / P3) ETAG-005, parte 1, parte 6

Aplicação
• Nos sistemas de impermeabilização de aplicação líquida de coberturas e de telhados, como membrana impermeável.
• Nos sistemas de impermeabilização de aplicação líquida de terraços visitáveis, transitáveis (pedestre ou de veículos),
• Varandas como membrana impermeabilizante.
• Proteção da espuma isolante de poliuretano.
• Proteção de telhados metálicos, alumínio, fibrocimento, telhas de cimento.
• Impermeabilização de canais de rega.
• Impermeabilização de zonas de difícil acesso, como parte do sistema.
• Proteção de construções de betão em ambiente marítimo.
• Em trabalhos de nova impermeabilização e de reabilitação de coberturas.

Colocação em obra

· PREPARAÇÃO DO SUPORTE:
– A superfície deve estar limpa, seca e sem contaminantes, que poderiam afetar negativamente a
aderência da membrana.
– A humidade máxima do suporte não deve ser superior a 5%.
– Deve-se deixar secar as estruturas de betão fresco durante pelo menos 28 dias.
– Membranas antigas, sujidade, gorduras, óleos, substâncias orgânicas e pó devem ser eliminados
mecanicamente.
– Também devem ser eliminadas possíveis irregularidades na superfície.
– As peças soltas da superfície devem ser reparadas.
– Não se deve limpar a superfície com água.
· REPARAÇÃO DE JUNTAS E FENDAS:
– A vedação de fendas e juntas antes da aplicação é de suma importância para conservar as propriedades da membrana. Limpe as fendas de pó assim como de resíduos ou outros elementos contaminantes. Aplique TEXPUR localmente e deixe secar durante 2 ou 3 horas. Encha as fendas com o vedante. Depois, aplique uma camada de TEXPUR centrando a fenda a 200 mm e, enquanto está húmida, cubra com uma peça adequada de TEXTIL. Pressione até empapar. Em seguida, sature o TEXTIL com o TEXPUR necessário até se cobrir totalmente. Deixe secar durante 12 horas.
– Limpe as juntas de dilatação de betão. Amplie e aprofunde as juntas, em caso de necessidade, até ter uma profundidade entre 10 e 15 mm. A relação amplitude/profundidade das juntas de movimento deverá ser aproximadamente 2:1. Aplique o vedante de juntas apenas no fundo da junta. Em seguida, com uma trincha, aplique uma camada de TEXPUR por cima e no interior, centrando a junta a 200 mm. Com a ferramenta adequada, pressione o TEXTIL dentro da junta até se empapar e até a junta ficar tapada no seu interior. Posteriormente, sature o TEXTIL com o TEXPUR, conforme necessário. Encha a junta com uma corda de polietileno das dimensões adequadas e pressione-a. Encha os restantes espaços com o vedante. Não tape. Deixe secar durante 12 horas.
· PRIMÁRIO:
– Coloque primário nas superfícies porosas como betão, cimento ou madeira com TEXPRIMER.
– Coloque primário nas superfícies não porosas como metal, cerâmica ou antigas membranas com TEXPRIMER.
– Deixe secar o primário de acordo com as respetivas especificações técnicas.
· MEMBRANA IMPERMEÁVEL:
– Remova com intensidade antes de utilizá-la. Verta o TEXPUR sobre a superfície preparada e espalhe-o com um rolo ou uma trincha até cobrir toda a superfície. Pode também utilizar uma pistola airless.
– Reforce sempre a superfície com TEXTIL, sobretudo em zonas problemáticas como meias canas, chaminés, tubos, sifões, etc. Para isso, coloque o TEXTIL sobre a membrana ainda
húmida e sature-o posteriormente com o TEXPUR, em caso de necessidade. Após 12 a 36 horas no máximo, aplique outra camada de TEXPUR. Caso assim pretenda, aplique uma terceira camada.
– Recomenda-se reforçar toda a superfície com TEXTIL sobrepondo as peças entre 10 e 15 centímetros. Se aplicar TEXPUR sem TEXTIL, recomendamos que aplique três camadas.
– Não aplicar mais de 0,6 mm de ALAN 461 por camada (seca). Para um melhor resultado, a temperatura durante a aplicação deverá ser entre 5 ºC e 35 ºC. As baixas temperaturas atrasam a secagem e as altas aceleram-no. Um nível elevado de humidade poderia afetar o resultado final.
· IMPERMEABILIZAÇÃO DE DEPÓSITOS DE ÁGUA:
– Também é necessária uma superfície convenientemente preparada. Remova a pintura impermeabilizante com intensidade antes de utilizá-la. Verta o TEXPUR sobre a superfície preparada (a preparação da superfície consiste numa camada de primário polvilhada de areia de sílica de pelo menos 0,3 mm, que permite a aderência da membrana com o geotextil através da sua rugosidade), aplique uma camada de membrana impermeabilizante com um rolo ou uma trincha e, em seguida, estenda o geotextil (> 40 g) em zonas verticais, ficando sujeito à rugosidade da areia e, por fim, aplique a última camada, ou mais, até cobri-lo. Pode também utilizar uma pistola airless. O rendimento da membrana TEXPUR deve ser de 3 kg./m2. É imprescindível formar a membrana impermeabilizante. O sistema não é válido para água tratada ou clorada.
·     ACABAMENTO:
– Caso pretenda um acabamento de cor estável, aplique uma ou duas camadas de ALSAN 901F ou ALSAN 902F sobre a membrana de TEXPUR.
– Caso pretenda um acabamento que permita um trânsito leve (varandas, coberturas, etc.), ALSAN 901F/FT.
– Caso pretenda um acabamento que permita um trânsito pesado (estacionamento), aplique duas camadas de ALSAN 902F.
– Consulte os dados técnicos dos vernizes antes de aplicá-los.
– O sistema TEXPUR escorrega se estiver molhado. Para evitá-lo, espalhe os agregados adequados, como ALSAN SILICA FINA/GROSSA, TEX DÉCOR MIX ou ARDÓSIA, na membrana ainda húmida para conseguir uma superfície antideslizante.
Rendimento:
Entre 1,5 – 2,0 Kg/m2 em 2 camadas, para obter uma espessura mínima de 1,6 mm. Com reforço aumenta o consumo. O consumo é em função da porosidade do betão, da temperatura, da humidade e do método de aplicação.
CONDIÇÕES DE APLICAÇÃO:
Ambiente: -5 a +35 ºC
TEMPOS DE REAÇÃO:
Resistência à chuva: ± 4 horas
Pode ser pisado: ± 12 horas
Tempo de cura: ± 7 dias

Acondicionamento

Lata: 6kg
Caixa: 4 latas de 6 kg
Palete: 36 cajas, total de botes por palets 144 botes
Lata: 25kg
Palete: 36 botes
Cores: cinzento, branco e vermelho.
Armazenamento: 9 meses no recipiente original fechado em lugar seco e frio a uma temperatura entre +5 ºC e + 30 ºC. Os recipientes devem ser protegidos contra geadas, exposição prolongada ao sol e altas temperaturas.

Regulamentação

· TEXPUR dispõe de uma Avaliação Técnica Europeia  ETA 04/0484 “sistemas impermeáveis PUR de
aplicação líquida” que permite obter a marcação CE.
· Fabricado de acordo com sistema de qualidade segundo a norma ISO 900 e a norma ISO 14001 em matéria de ambiente.

Documentação

Pedir orçamento

Entraremos em contacto com a melhor proposta.

Para enviar, é obrigatório concordar com os termos abaixo:
Concordo com o tratamento dos meus dados, segundo a política de privacidade, de acordo com as boas práticas do Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GDPR).
Concordo com o compartilhamento dos meus dados com a empresa Soprema, para que ela possa dar resposta ao meu contacto.