Prémio ibérico de investigação sobre arquitectura tradicional

Data de publicação

A Fundação Convento da Orada (FCO), a Fundação António Font de Bedoya (FAF), a Fundação Cultural do Colégio Oficial de Arquitectos de León (FUNCOAL) e a Ordem dos Arquitectos (OA) instituem conjuntamente a atribuição do Prémio Ibérico para investigação apresentada por meio de Dissertações de Mestrado e de Teses de Doutoramento, na área da Arquitectura Tradicional.

Prémio: 3.000€

Elegibilidade
– Podem candidatar-se ao Prémio Ibérico todos os autores de Dissertação de Mestrado ou de Teses de Doutoramento realizadas a partir de 16 de Maio de 2016, cuja classificação qualitativa tenha sido de Muito Bom e classificação quantitativa tenha sido igual ou superior a 16, numa escala de 0 a 20.

– As investigações devem abranger somente a arquitectura tradicional do espaço ibérico e encontrarem-se redigidas em português ou castelhano.

Critérios de atribuição do prémio
– Relevância do contributo para o conhecimento da arquitectura tradicional;
– Originalidade e inovação na investigação;
– Fundamentação teórica, através da revisão da literatura e da definição do estado da arte;
– Justificação e qualidade das metodologias de investigação aplicadas;
– Maior classificação obtida.

Júri
O júri é constituído por quatro membros, cada um nomeado pelas quatro instituições que organizam o Prémio.

Cronograma
Data limite de apresentação de candidaturas: 30 de Junho de 2018

Data de anúncio do vencedor: de 20 a 30 de Setembro de 2018
Data de entrega do prémio: Outubro de 2018

Mais Informação:
www.fundacaoconventodaorada.pt