facebook_pixel"Limites" na arquitetura e no design, em debate em rocagallery.com | Projectista
ROCA

“Limites” na arquitetura e no design, em debate em rocagallery.com

Data de publicação

A plataforma on-line da Roca destinada ao debate e à investigação em arquitetura, design e sustentabilidade apresenta o seu novo tema do mês.

Nos artigos semanais, é analisado o conceito de “limites”, a partir de novas perspetivas.

Numa altura em que as fronteiras entre o físico, o geográfico, o social e o cultural estão a mudar, o que nos podem dizer a arquitetura e o design sobre o conceito de “limites”? Esta é a questão central do tema do mês do Roca Gallery, que examina e reavalia os múltiplos significados do conceito numa série de artigos que serão semanalmente publicados na plataforma até o final de abril.

Por definição, a ideia de limites reside no centro da arquitetura e do design: os limites entre o interior e o exterior, entre o superior e o inferior, entre o público e o privado, entre a construção e a natureza etc. No entanto, como se comprovou na situação extraordinária vivida em 2020, estes limites são cada vez mais dinâmicos e instáveis, convertendo-se em pontos de tensão que definem novas realidades que devem analisadas e tidas em consideração.

Através de uma seleção de artigos elaborados por um painel transdisciplinar de proeminentes arquitetos, designers, urbanistas e académicos, o Roca Gallery explora o modo como os limites afetam e refletem as estruturas sociais e espaciais de casas, bairros e cidades, com grande impacto na vida quotidiana, nas identidades coletivas e na sociedade em geral.

Entre os artigos já disponíveis, o de Clare Farrow, escritora, consultora e comissária, disseca o impacto da pandemia da Covid-19 nas tendências de design de interiores e na ideia de casa. Já o de Zaida Muxí, arquiteta, académica e urbanista, analisa “Bordas, fronteiras e limites que nem sempre são visíveis” e que geram desigualdades sociais e urbanas, especialmente para as mulheres. 

O arquiteto Jorge Arditti, por sua vez, faz uma reflexão sobre a importância de estabelecer limites que possam contribuir para a convivência equilibrada da humanidade e explica como a arquitetura pode ajudar a este propósito, a partir da análise do seu premiado projeto para o Museu Memória e Tolerância, na Cidade do México. O continente americano serve também de pano de fundo para o artigo do arquiteto e gestor cultural Josep Ferrando, que analisa os desafios de trabalhar fora do contexto geográfico e cultural do próprio arquiteto. Em África, o arquiteto Albert Faus defende um novo tipo de arquitetura para conciliar os contrastes do Burkina Faso, onde dirige projetos de construção e desenvolvimento desde 2010.

Olhando para o futuro

Esta perspetiva global terá continuidade nos artigos que serão publicados em rocagallery.com até o final de abril. O investigador, arquiteto e ativista humanitário Nasr Chamma analisará as fronteiras entre a negligência e a reinstalação em campos de refugiados, fornecendo sugestões sobre onde e como podem ser instalados, e explicando a importância de promover a integração. Através da lente da produção artística afrobrasileira, o consultor de artes e design Everton Barreiro examinará as fronteiras geopolíticas, socioeconómicas, culturais e raciais entre o Sul e o Norte, globalmente.

Como parte do compromisso contínuo do Roca Gallery de apoiar os melhores talentos emergentes das universidades, a plataforma também contará com um artigo da estudante de arquitetura da UIC, Cecilia Guillot, que escreverá sobre os problemas intangíveis das cidades, como os que se registam nas bolhas urbanas de Monterrey. Mais à frente, os limites cada vez mais complexos entre a esfera pública e privada são o tema do artigo do arquiteto Pedro Novo. Por sua vez, Roberto Converti, arquiteto e reitor da Faculdade de Arquitetura e Design da UADE, analisará as qualidades dinâmicas e inspiradoras dos limites entre a terra e a água.

O debate será completado por um diálogo entre a arquiteta e urbanista Maria Buhigas e os professores da Universidade da Califórnia (San Diego) Teddy Cruz e Fonna Forman sobre os bairros limítrofes de Tijuana / San Diego, enclaves de produção cultural, no qual se repensará a política urbana, a habitação a preços acessíveis e o espaço público.

“Limites” dá continuidade a uma série de temas mensais e bimestrais que exploram desafios globais urgentes, do ponto de vista do design, da arquitetura, da inovação e da sustentabilidade. Os artigos estão disponíveis em www.rocagallery.com, com acesso livre e gratuito, em inglês e espanhol. Todos os temas da plataforma são propostos e analisados por um comité editorial formado por um grupo de destacados especialistas e pensadores.

Como parte da reflexão que propõe o tema do mês, “Limites” foi também o centro de um debate sobre a realidade atual da mulher na arquitetura, que foi transmitido ao vivo em rocagallery.com, na semana em que se celebrou o Dia Internacional da Mulher. A sessão contou com quatro arquitetas de prestígio internacional, que estão a derrubar barreiras e a chamar a atenção para questões de género através de sua prática e trabalho académico: Kathryn H. Anthony, Anupama Kundoo, Zaida Muxí – autora de um dos artigos do mês — e Lucía C. Pérez-Moreno. O vídeo desta conversa está disponível em www.rocagallery.com/es/space-for-women-architects
Dirigido pela Roca, líder mundial em design, produção e distribuição de produtos para espaços de banho, o rocagallery.com transfere para o ambiente digital o conceito da sua rede de centros Roca Gallery, que são pontos de encontro de especialistas e amantes do setor para partilhar conhecimentos e boas práticas. Atualmente, a Roca conta com seis Roca Gallery, localizados em edifícios com um especial interesse arquitetónico de Barcelona, Madrid, Lisboa, Londres, Xangai e Pequim. Desde o seu lançamento, em 2018, a plataforma on-line tem contado com mais de 160 colaboradores, incluindo escritores, fotógrafos, artistas e vencedores do prémio Pritzker, e tornou-se uma referência em tendências e conteúdo de qualidade na área da arquitetura e do design.