Portugueses finalistas no prémio ‘The Plan Award 2018’

Data de publicação

Seis projectos portugueses são finalistas no prémio internacional “The Plan Award 2018”, em Itália promovido pela conceituada revista de arquitectura “The Plan”.

Academia de Ginástica de Guimarães (projecto construído), na categoria “Sport & Leisure” projeto do atelier Pitagoras Group.
A intenção de aplicar as tecnologias que transformam este tipo de edifício em uma estrutura independente de energia com baixa emissão de CO2 foi o grande desafio, mas o objetivo foi superado e o edifício já é um marco em sustentabilidade, eficiência energética e inovação.

A Extensão do Hospital Residencial do Mar (projecto construído), nomeado na categoria “Health” do atelier Pinearq.
O objetivo do projeto era a reabilitação do edifício existente e a criação de um novo módulo que contrastasse com ele. O layout da nova ala respondeu à busca por melhor iluminação natural e a aproveitar o visual para o novo pátio no térreo.

O atelier Summary tem o  projeto Vale de Cambra finalista na categoria “Mixed Use” (projecto não construído).
Este projecto nasceu com o objectivo de construir espaços habitacionais e multi-serviços, numa área de estrada comum em Vale de Cambra, Portugal. O cliente exigiu que a construção fosse rápida, económica e viável ao longo do tempo, o que levou o estúdio a usar elementos pré-fabricados e a deixar partes do projeto indefinidas.

O arquitecto Raulino Silva têm três projetos finalistas, na categoria “Houses with gardens” a Casa Touguinha (projecto construído) e a Casa Leça do Balio (projecto não construído), já na categoria “House” a Casa Senhora da Hora (projecto não construído).

O ‘The Plan Award’ é um prémio criado e promovido pelo The Plan para disseminar o conhecimento e melhorar a qualidade do trabalho feito por arquitetos, designers, críticos e estudantes nas áreas de arquitetura, design e urbanismo, promovendo o debate sobre design e planeamento.