AGI

Fachadas Ventiladas em betão polímero

Data de publicação

O betão polímero, um material de alta qualidade, composto por mais de 90% de componentes naturais, combina agregados de sílica e quartzo unidos por resinas de poliéster, criando assim um material com uma resistência quatro vezes superior ao betão convencional.

É um produto não poroso, com elevada resistência à tracção, ao choque e à compressão, resistente aos ambientes industriais e com grande durabilidade, não permite absorção de água. Tais características possibilitam as mais diversas aplicações desde zonas históricas marítimas até industriais.

Os painéis de betão polímero estão protegidos por um escudo superficial denominado por SHIELD PLUS que oferece uma extraordinária proteção contra os raios UV e resto de agentes atmosféricos.



A ausência de porosidade, tanto do betão polímero como da camada de SHIELD PLUS, facilita a manutenção da fachada, sendo apenas necessário uma limpeza periódica com água e sabão.

A fachada ventilada é um sistema de construção que inclui uma câmara de ar ventilada entre a alvenaria, o isolante e o acabamento exterior do edifício, aportando vários benefícios, como a redução do consumo energético, o aumento do conforto ou a modernização, e posterior revalorização, do edifício.

São um sistema seguro, leve, estético e que contempla todos os requisitos de sustentabilidade ambiental. São ideais para obras novas como para obras de reabilitação.

As vantagens deste sistema de revestimento do edifício passam pela combinação de funções estéticas com um ótimo desempenho em termos de isolamento térmico, de durabilidade, de acústico e ainda uma preocupação ambiental, oferecendo ainda uma garantia de até 10 anos.

A marca oferece uma variada linha de texturas e acabamentos, dividindo-se pelo ar, terra e água. As cores podem ir desde o cinza preto/escuro, ao creme-moka e às cores primárias.

A durabilidade das cores é testada em câmaras de envelhecimento acelerado (xénon e QUV) durante 3.000 horas, oferecendo características de acordo com os requisitos mais exigentes dos projetos.

Dentro das fachadas ventiladas existe a possibilidade de se fazer algo diferente e criativo, o que se deve à moldabilidade do betão polímero.

Foram vários os projetos que utilizaram este tipo de fachadas ventiladas: o centro de atenção primária Josep Beltrán y Miret em Barcelona; a Nova Sede Nacional da Unieléctrica em Córdoba; na Reabilitação do “Frontón de Miribilla” em BILBAO, no Colegio Sagrado Corazón em Madrid; no Hotel Eurostars em Barcelona; na Escola “El Tren de Fort Pienc” em Barcelona e no Hotel Ladera de Santiago no Chile, entre outros.