Anunciado o vencedor do concurso para reabilitar a envolvente do Antigo Matadouro

Data de publicação

O concurso foi promovido pela Câmara Municipal de Santa Maria da Feira com o intuito de promover a reflexão e o debate acerca da requalificação urbana da cidade de Santa Maria da Feira, considerando um conceito geral de intervenção que valorize o edifício do “Imaginarius Centro de Criação, Artes e Espaço Público” e promova a sua relação física e simbólica com o núcleo central histórico da cidade e o Cineteatro António Lamoso, de modo a que se possam encontrar soluções que se consubstanciem num contributo efectivo para o desenvolvimento estruturado da cidade, tendo em conta as suas dinâmicas socioeconómicas, culturais e artísticas.

O Júri do “Concurso Público de Concepção (Ideias) para o Eixo – Imaginarius Centro de Criação, Arte e Espaço Público – Cineteatro António Lamoso”, promovido pela Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, de entre os 5 trabalhos de concepção admitidos, deliberou pela seguinte hierarquização:

1º classificado
Empresa Craft + Urban Dynamics/ CRFT, Lda.


2º classificado
Ricardo Ventura, Hélder Martins, Pedro Dias, Ana Martins e Hugo Silva


3º classificado
Manuel Carlos Abreu Gomes da Silva

4º classificado
Humberto Humberto Arquitectos

5.º classificado
Sérgio Miguel Magalhães * Studium

Na sequência da decisão de selecção e de atribuição de Prémios da Entidade Adjudicante, serão atribuídos, aos concorrentes classificados em 1.º, 2.º e 3.º lugares, prémios no valor pecuniário de, respectivamente, €10.000,00 (dez mil euros), €6.000,00 (seis mil euros) e 4.000,00 (quatro mil euros).

A Câmara Municipal de Santa Maria da Feira assumiu a construção de uma plataforma de desenvolvimento criativo designado “Imaginarius Centro de Criação, Arte e Espaço Público” com incidência no âmbito das artes performativas, da música, do vídeo, multimédia e das artes do espetáculo, que interagem com o espaço urbano. Este projeto será também aberto a outras áreas artísticas que incidem no espaço público e na sua relação com as respetivas comunidades.

O “Imaginarius Centro de Criação, Arte e Espaço Público”, como plataforma interdisciplinar e complementar na ecologia cultural do território, irá promover a convergência entre a arte, a cultura, o conhecimento e a economia; fomentar a aprendizagem e a criação; incentivar a participação das comunidades e a coesão social; e potenciar a internacionalização dos artistas participantes.

Embora o “Imaginarius Centro de Criação, Arte e Espaço Público” se assuma como um projeto polinucleado e suportado num modelo difuso, nesta fase inicial da sua atividade adoptar-se-á o antigo edifício do Matadouro Municipal, recentemente objeto de obras de requalificação, como a “base” deste projecto, enquanto centro de acção, convertendo-o na sede do “Imaginarius Centro de Criação, Arte e Espaço Público”.

Gabinete:

CRAFT ARQUITECTOS, LDA. + URBAN DYNAMICS