Concurso para troço Évora-Elvas lançado até março

Data de publicação

As portarias publicadas no dia 29 de dezembro em Diário da República autorizam a tutela a contratar as empreitadas para construir os troços entre o Freixo e o Alandroal, entre Évora Norte e Freixo e ainda entre o Alandroal e a Linha do Leste e ainda a fazer um contrato de prestação de serviços para a fiscalização destas obras, que implicam uma nova ligação ferroviária de Évora à Linha do Leste (junto a Elvas).

O lançamento destes concursos está previsto para o primeiro trimestre de 2018, num investimento que ronda os 422 milhões de euros, em que destes, 264 milhões de euros são comparticipados pelo Estado e as verbas restantes – 158 milhões de euros – são suportadas por fundos comunitários, no âmbito do Programa Mecanismo Conectar Europa (CEF).

A maior fatia, de acordo com o documento, será para a ligação Alandroal-Linha do Leste, orçada em 220 milhões de euros, seguindo-se a ligação Freixo-Alandroal, com 105 milhões de euros, e a ligação Évora Norte-Freixo, de cerca de 70 milhões de euros, orçando a fiscalização em cerca de 27 milhões de euros.

Um investimento fundamentar para completar um corredor internacional ferroviário, sendo que com esta obra, Portugal, fica assim com a ligação completa entre os portos de Sines e Setúbal e a fronteira com Espanha, sendo de salientar que “há muitas décadas que não era construído um troço de caminho-de-ferro desta envergadura” no país, numa dimensão de cerca de 100 quilómetros, refere o Ministério do Planeamento.