Concurso de Ideias para a Recuperação de uma Ilha na Rua das Antas

Data de publicação

De maneira mais concreta, pretendemos ajudar a proprietária duma ilha na Rua das Antas a tomar a melhor decisão possível para recuperar o seu património e os futuros moradores a encontrar habitação de qualidade a custo justo. O vencedor receberá um prémio de 4.000€ e a possibilidade de desenvolver o projeto, caso este seja viável.

“Pensar, construir, habitar”. Promotor: Habitar Porto; Parceiro: Junta de Freguesia de Campanhã; Consultor do concurso: arq. João Rapagão

A ilha na Rua das Antas, número 52, Porto, é uma ilha singular. Integrada na Operação SAAL-Antas, o espaço não chegou a conhecer nenhum projeto de intervenção. O conjunto, hoje praticamente devoluto, tem apenas 1 das suas 14 casas habitada. A ilha, que tem uma morfologia atípica — as casas formam um pátio —, foi recentemente adquirida por uma proprietária que pretende recuperar o património degradado e melhorar as condições de vida dos actuais residentes. Para dar resposta a este pedido, o Habitar Porto, em parceria com a Junta de Freguesia de Campanhã, organiza o presente CONCURSO DE IDEIAS PARA A RECUPERAÇÃO DE UMA ILHA NA RUA DAS ANTAS.

O objectivo do concurso de ideias é desenvolver uma estratégia de intervenção realista que permita entender o património não como um objecto em disputa mas antes como um elemento de valorização e coesão social. Para tal, a proposta de intervenção deverá servir tanto os interesses da proprietária quanto os dos actuais e futuros inquilinos. Esta exigência traduzir-se-á na necessidade de conciliar um investimento rentável com a existência de rendas condicionadas. Prestar-se-á especial atenção à implementação de soluções construtivas simples, cuja fácil manutenção permita validar simultaneamente os custos controlados desejados, a durabilidade e qualidade das habitações e a promoção de emprego local.

Mais informações:

Infos e bases

Documentos para concorrentes

Ficha de inscrição