Braga tem novo centro de negócios

Data de publicação

O novo centro Regus tem 800 metros quadrados, está situado na Avenida da Liberdade e tem capacidade para acolher 120 empresas.
A cidade de Braga recebe o 12º centro de negócios da Regus em Portugal, que foi inaugurado no passado dia 10 de abril. A empresa dedicada à oferta de escritórios prontos-a-usar e co-working investiu um milhão de euros para se instalar no Edifício Liberdade Street Fashion, no “coração” da cidade do Minho.
Braga é a quinta cidade a acolher um centro Regus em Portugal, depois de Lisboa, Porto, Oeiras e Vila Nova de Gaia. Este novo centro está preparado para receber 120 empresas permanentes e disponibiliza espaços de trabalho já equipados e prontos a usar, que contam com um conjunto de infraestruturas integradas, como serviço de
receção, salas de reunião, copy center, entre outras.
Além de escritórios privados e coworking, oferece soluções para escritórios virtuais e salas de reuniões que estarão disponíveis tanto para os clientes residentes, como para os clientes externos.
A aposta na cidade do Norte do país surgiu devido à crescente procura de empresas, quer nacionais quer internacionais. “Braga tem-se afirmado como um forte centro empresarial, nomeadamente no que diz respeito a novos empreendedores. A Regus é um importante facilitador da entrada de investimento externo nas cidades onde está presente. No caso de Braga, iremos catalisar a entrada tanto de empresas estrangeiras como de empresas de outras zonas do país”, referiu Jorge Valdeira, country manager da Regus em Portugal.
Com a abertura do centro em Braga, a Regus continua a crescer de forma consistente no país.
“A Cushman & Wakefield, que representa o Grupo Regojo, proprietário do edifício, atua na gestão e comercialização deste ativo, tendo ao longo do último ano vindo a operar um plano estratégico com vista a relançar o conjunto comercial.
De acordo com André Navarro, partner e diretor de gestão de ativos de retalho da Cushman & Wakefield, “continuamos a reposicionar o Liberdade Street Fashion, trazendo marcas exclusivas para o centro da cidade de Braga, e concentrando o comércio no nível térreo do edifício.
A equipa de gestão de ativos da Cushman & Wakefield, que conta com 26 profissionais, tem 407.000m2 de ativos imobiliários sob gestão, dos quais 133.000m2 são de ativos de retalho.

 

Gabinete:

GONÇALO BYRNE ARQUITECTOS, LDA