Arquitecto português cria garagem como obra de arte

Data de publicação
foto: Ivo Tavares Studio

A importância de uma garagem é tão grande, que esta “Private Garage” foi construída antes da própria casa. O cliente do arquitecto português Paulo Martins tinha uma propriedade enorme, mas deu aval para que se caprichasse no “santuário”.

foto: Ivo Tavares Studio

Um desafio invulgar que obrigou ao reverse thinking. Um intervenção global que começou pelo particular, pela emoção do objecto construído e pela paixão por motores. E assim nasce uma garagem invulgar, uma garagem que se assume como galeria onde os veículos coabitam com a vontade de contemplação e de estudo, onde o barulho provocado pelo trabalhar dos motores partilha o mesmo espaço do sistema de som Porsche, que nos deixa ouvir uma bela melodia enquanto planeamos sentados o próximo percurso que iremos percorrer sentados em cima da mais emocionante Famel.

foto: Ivo Tavares Studio

O terreno, inserido num meio pouco denso e sem referências ou condicionantes relevantes, permitiu que o volume fosse implantado mais a norte, libertando o espaço sobrante para a construção daquela que será a moradia à qual a garagem servirá. Um volume regular, revestido a chapas de alumínio lacado, que transparece a mesma vontade de indústria e tecnologia que o conteúdo que alberga, mas que ao mesmo tempo se assume como discreto e hermético, qual bunker que protege os seus ocupantes.

foto: Ivo Tavares Studio 

Um volume cinzento que é uma garagem que, por oposição à sua imagem exterior, é brilhante e clara no seu interior, asséptica. Esta leitura interior do espaço permite-nos libertar a atenção do objecto construído em favor do exuberante protagonismo de todo o state of the art da engenharia automóvel que fazem desta garagem uma autêntica galeria de arte!

Gabinete:

PAULO MARTINS ARQUITECTURA & DESIGN