GUARDIAN GLASS

5 razões para mudar as janelas de casa e 5 dicas sobre como e quando o fazer

Data de publicação

Está a pensar em mudar as janelas da casa? Não está seguro de quando o deve fazer? Tem dúvidas em relação aos fatores a que deve prestar atenção na escolha das novas janelas? A verdade é que mudar as janelas em casa nem sempre é tarefa fácil, mas a recompensa depois de o fazer pode valer bem a pena. Não apenas o grau de conforto da casa pode ser melhorado, como também ajuda a poupar energia e a melhorar a sustentabilidade da casa.

Para que seja bem sucedido neste processo e na tomada de decisões, os especialistas em vidro da “Casa do Deserto” da Guardian Glass – o projeto pioneiro de arquitetura localizado em Gorafe (Granada), noticiado em todo o mundo como exemplo da importância do vidro e de janelas de qualidade – podem ajudar com os seguintes conselhos:

Quais os motivos para substituir as janelas?

1 | Mau isolamento térmico. Se sente frio ou muito calor em casa, é possível que tenha chegado o momento de substituir as janelas. Estas, juntamente com outros fatores, ajudam em grande medida a um adequado isolamento da casa, tanto no verão como no inverno. Janelas inadequadas ou muito antigas permitem que o aquecimento do interior saia durante o inverno e, no verão, deixam o calor entrar furtivamente, fazendo com que as condições térmicas sejam pouco ou nada confortáveis. Sem mencionar, além do mais, as perdas energéticas que esta situação acarreta, uma vez que terá maior necessidade de aquecimento nos meses frios e ar condicionado nos mais quentes.

2 | Falta de iluminação natural. As janelas são a fonte mais importante de luz natural em qualquer casa. Ao utilizar vidro de alta qualidade que permite a entrada de luz, mas bloqueia a maior parte do calor solar, poderá instalar janelas com mais área de vidro sem correr o risco de superaquecimento. Além do mais, sendo este vidro de alto desempenho, necessitará de menos persianas ou estores. Na “Casa do Deserto”, o vidro inteligente instalado é o Guardian SNX 60. Graças a uma película invisível fundida no vidro, os utilizadores da Casa podem desfrutar de temperaturas médias agradáveis, evitando uma grande parte do calor ou do frio exterior, no verão ou no inverno. As superfícies de vidro constituem-se por uma unidade de vidros triplos que fornece o isolamento térmico ideal durante o inverno e a proteção solar no verão.

Diferentes estudos mostraram que a luz natural influencia diretamente a nossa saúde e bem-estar. Portanto, uma casa luminosa é sinónimo de uma casa onde abunda a felicidade.

3 | Questões de ruído. Viver em casas ou apartamentos urbanos tem vantagens, mas também alguns inconvenientes. O ruído é, por exemplo, um deles. Ouvir o barulho da rua, o trânsito automóvel, a agitação nos cafés ou mesmo a conversa de quem passa pode ser perturbador. Se for este o caso, uma vez mais, a substituição de janelas, juntamente com outros fatores, poderá ser a solução.

4 | Motivos de segurança. As janelas são um dos pontos sensíveis que podem tornar a sua casa mais vulnerável a roubos e intrusões. Se o vidro e a caixilharia não forem o garante da segurança necessária, nem resistirem a impactos e pancadas, a sua casa estará mais exposta.

5 | Razões de design e estética. Cansado de esconder com as cortinas ou estores o design ultrapassado das janelas de casa? Farto de não ver claramente as vistas através das janelas? Se este for o caso, está na hora de as substituir. A cor, o estilo e o design das janelas, bem como a vista geral que oferecem, são também fatores a ter em conta do ponto de vista do design. Lembre-se, hoje em dia, a tendência são as janelas com um perfil reduzido e maior superfície de vidro.

Que fatores considerar ao substituir as janelas?

1 | Escolher o vidro adequado. O vidro representa em muitos casos cerca de 80% da área total das janelas. Trata-se do material que predomina e, portanto, o mais importante na configuração das mesmas. Assim, escolher o vidro adequado é fundamental quando se prepara uma mudança e, para isso, é necessário ter em conta o tipo de espaço em que se encontram instaladas, bem como as suas necessidades concretas.

Quando se trata do vidro adequado para uma janela, este pode ajudar a poupar energia, garantir o melhor isolamento térmico e acústico do espaço interior e pode até aumentar o nível de segurança contra impactos ou tentativas de roubo. Basta o vidro certo para ajudar a resolver muitos dos problemas que sente em casa. Um bom exemplo disso é que, mesmo nos ambientes mais adversos, é possível habitar confortavelmente uma casa se o vidro das janelas for o adequado, juntamente com o resto dos fatores isolantes, como o prova “A Casa do Deserto”. Um projeto de uma casa de 20m2, localizado em Gorafe (Granada), onde as temperaturas ultrapassam os 40º no verão e até -10º no inverno, e onde o interior se mantém nos 22-24º, graças ao vidro das paredes, que permite a entrada de luz solar bloqueando 75% do seu calor.

Isto é possível graças à forma de funcionamento deste material. A parede em vidro é uma unidade de vidro triplo que garante o isolamento térmico ideal durante o inverno e a proteção solar no verão. Além do mais, dependendo do ambiente vivido na casa (intenso ruído externo, necessidade de segurança), os painéis de vidro podem ser laminados com as soluções específicas da Guardian para proteger os habitantes dos raios UV e do ruído, bem como melhorar a segurança da estrutura.

É o que acontece com os vidros de “A Casa do Deserto” que possuem apenas 6cm de espessura e não têm quaisquer obstáculos visuais que impeça o esquema de vista quase panorâmica do deserto.

2 | Procurar assessoria e consultar ferramentas específicas. Para ser bem sucedido na escolha das características do vidro, deve ser aconselhado por especialistas na matéria. Os especialistas da Guardian Glass podem ajudá-lo e, além do mais, criaram um configurador de vidro online que, intuitivamente e em poucas etapas, ajuda a determinar as especificidades do vidro que melhor se adapta à sua casa. Consulte e faça testes em www.deventanasadentro.es, e descubra qual o vidro que melhor se adequa às necessidades de sua casa para criar um espaço interior confortável. A plataforma também lhe dá informação sobre os distribuidores de janelas mais próximos, aos quais pode recorrer.

3 | Escolher o perfil. No mercado existem diferentes materiais com os quais as caixilharias das janelas são construídas. Embora, regra geral, todos garantam o desempenho ideal, aconselhamo-lo a que também seja assessorado por especialistas e faça as opções mais ecológicas. A rede de distribuidores da Guardian Glass pode prestar-lhe a assessoria necessária.

4 | Tipos de abertura e cores. Janelas basculantes, de batente, oscilobatentes, de correr, pivotantes, de guilhotina… Pense na forma como habita e escolha uma ou mais opções de abertura para as suas janelas. O vidro Guardian Glass de “A Casa do Deserto” é compatível com todas elas. Em termos de cores e acabamentos para os perfis, poderá também encontrar diversas opções. Selecione os que melhor se adequam ao seu gosto e ao estilo da sua casa. Uma vez mais, pode contar com o aconselhamento e profissionalismo da rede de distribuidores Guardian Glass em Portugal.

5 | O melhor momento para a substituição. E qual é a melhor época do ano para substituir as janelas de casa? Na verdade, pode fazê-lo quando o necessitar ou quando for melhor para si. Mas, ainda que não existam regras estabelecidas ou calendários definidos, é sempre preferível efetuar esta substituição nos meses de temperaturas menos extremas. Ou seja, no período da primavera (antes da chegada do verão) e outono (antes da chegada do inverno). Verão e inverno são boas alturas para visitar fornecedores, procurar informação sobre as diferentes opções e efetuar o seu pedido. Tenha em mente que, desde a encomenda à receção das janelas, é possível que passem alguns meses.

**********

Sobre “A Casa do Deserto”

  • Localização: Gorafe, Granada
  • Área: 20m2
  • Tipologia: 3 divisões – quarto, casa de banho e sala-cozinha
  • Área de painéis fotovoltaicos: 26m2
  • Capacidade de armazenamento de energia: 18,2 kWh
  • Temperaturas máximas e mínimas previstas no interior: 18ºC – 28ºC
  • Amplitude térmica no deserto de Gorafe: verões até 45ºC | Invernos até -10ºC

“A Casa do Deserto” é um projeto pioneiro da Guardian Glass que desafia a natureza para testar as suas soluções de vidro. Com o design de vanguarda desta casa, a Guardian Glass procura demonstrar como, ao escolher o vidro adequado, se pode habitar até nos ambientes climatéricos mais adversos. O vidro das janelas pode isolar térmica e acusticamente, pode proteger dos raios UV, bem como de tentativas de roubo ou intrusão.

A nível arquitetónico, “A Casa do Deserto” é construída sobre uma estrutura de madeira delimitada perimetralmente pelo vidro Guardian Glass e no seu interior possui um quarto, casa de banho e uma área de cozinha. Espaço suficiente para olhar diretamente sobre a paisagem, com um sistema de filtragem de água, outro para a produção de energia e um conjunto de painéis solares fotovoltaicos.

O projeto, resultado do trabalho conjunto de uma grande e experiente equipa de arquitetos – liderada por Spela Videcnik dos OFIS Architects – juntamente com especialistas em vidro da Guardian Glass, engenheiros e consultores em energia da Akt II e Transsolar, responde aos desafios atuais e futuros do setor da arquitetura e construção, potenciando desta forma as estruturas respeitadoras do ambiente e energeticamente eficientes. Algo em que intervém também diretamente o tipo de vidro com que qualquer espaço é delimitado.

Descubra mais sobre o projeto “A Casa do Deserto” em:

“A Casa do Deserto”, da Guardian® Glass. Fotografias de Gonzalo Botet para a Guardian Glass. Todos os direitos reservados.

Mais informações:

Guardian Glass